Alerta para ventania em Mato Grosso do Sul e mais 5 Estados ao longo desta semana - Bolsão em Destaque de Três Lagoas
Mato Grosso do Sul

Alerta para ventania em Mato Grosso do Sul e mais 5 Estados ao longo desta semana

Os ventos intensos estão sendo destaque ao longo desta semana em muitas áreas do Brasil. A tendência é  de rajadas fortes até o fim da semana em vários estados brasileiros e com potencial para provocar alguns problemas. 

Segundo dados do Instituto Nacional de Meteorologia(INMET), hoje as rajadas de vento foram bastante intensas entre a madrugada e a manhã

Nesta terça-feira(12), com o deslocamento de uma frente fria, já venta de forma intensa principalmente no norte e leste do Rio Grande do Sul, centro-leste de Santa Catarina e do Paraná, no estado São Paulo, no Rio De Janeiro e até no sul/sudeste de Minas Gerais. As rajadas podem variar de 40 a 60km/h.

Na quarta, a frente fria já se afasta para o mar, por isso a situação deve ser mais tranquila em relação aos ventos. As rajadas podem chegar aos 60km/h em algumas áreas mais altas do Rio Grande do Sul e do Paraná. Em São Paulo, as rajadas podem alcançar os 50km/h.

Ventos se intensificam novamente

Na quinta-feira, um novo sistema de baixa pressão atmosférica volta a se formar no Paraguai e isso ajuda a intensificar os ventos novamente no centro-sul do Brasil. A previsão é de rajadas de vento em praticamente todo Sul, Mato Grosso do Sul, São Paulo, Rio de Janeiro, centro-sul de Minas Gerais e até no sul de Goiás. As rajadas variam de 40 a 60km/h até o sábado(16), de forma geral. 

No oeste e sul de Mato Grosso do Sul e na faixa oeste da Região Sul, não dá para descartar algumas rajadas em torno de 70km/h até o fim de semana.

Fora as áreas do centro-sul do Brasil, outro destaque é a ventania que persiste há vários dias no Nordeste. Até o fim da semana, não há previsão de grandes mudanças. Rajadas de 40 a 50km/h ainda são previstas na Região.

A ocorrência de ventos fortes pode ocasionar o desligamento do fornecimento de energia elétrica devido ao balanço de árvores próximas à rede ou pelo próprio balanço dos cabos, provocando o desligamento da rede e falta de luz. A população deve se manter atenta ao longo dos próximos dias.


Botão Voltar ao topo