BASTIDORES: Coligação do pré-candidato Drº Cassiano Maia conta com 6 partidos e PL deve lançar nome para disputa eleitoral em Três Lagoas – Bolsão em Destaque de Três Lagoas
BASTIDORES

BASTIDORES: Coligação do pré-candidato Drº Cassiano Maia conta com 6 partidos e PL deve lançar nome para disputa eleitoral em Três Lagoas

De acordo com projeções, as coligações políticas para o pleito de 2024 estão sendo delineadas para a disputa pela prefeitura de Três Lagoas. Partidos como PSDB, PP, MDB, Republicanos, PDT e União Brasil estão se unindo em apoio à pré-candidatura do doutor Cassiano Maia.

Vice: A coligação de Maia possui três possíveis candidatos para ocupar a posição de vice-prefeito. Entre os nomes considerados estão: Soyla Carla Alves Garcia, Secretária Municipal de Finanças, Receita e Controle; Fabrício Venturoli, Auditor Fiscal na Secretaria Estadual da Fazenda; e João Paulo Tibery.

Comitiva: A Senadora Tereza Cristina do PP está programada para chegar a Três Lagoas para um evento partidário de pré-campanha, que provavelmente ocorrerá no parque de exposições. De acordo com informações, ela deve indicar o candidato a vice-prefeito na chapa do doutor Cassiano Maia.

Oposição: Conforme informou o presidente do PL, Márcio Hirade, a este colunista, o Partido Liberal está em negociações para apresentar seus candidatos à disputa pela prefeitura de Três Lagoas, entre eles a pré-candidata Mariana Amaral e o Vereador Paulo Veron. No entanto, os nomes ainda serão definidos. O PL conta com 700 filiados e é o partido do ex-presidente Jair Bolsonaro.

Opinião: As redes sociais têm desempenhado um papel significativo na esfera política, servindo como plataformas onde as vozes dos cidadãos podem ser amplificadas e as ideias podem ser compartilhadas de forma instantânea. A política nas redes sociais muitas vezes se manifesta em debates acalorados, onde o diálogo construtivo pode ser difícil de alcançar. Apesar dos desafios, as redes sociais continuam a moldar a paisagem política, influenciando a opinião pública e o comportamento dos eleitores.

Fiscalização: Conforme aponta a resolução, os partidos políticos, as federações e as coligações estão aptos a acompanhar e fiscalizar todas as fases da votação e apuração do pleito nas seções eleitorais. A previsão está na Lei n° 9.504/1997 (Código Eleitoral). Poderá atuar um fiscal por vez nas mesas receptoras, que deverá ser credenciado pelas próprias legendas, federações ou coligações que participarem das eleições no município.

Sabe de algo que o público precisa saber? Fale ao Bolsão em Destaque.

E você pode ficar tranquilo, porque nós garantimos total sigilo da fonte, conforme a Constituição Brasileira.

Fala Povo: O leitor pode falar direto no WhatsApp (67)99267-0262

Por Yuri Spazzapan

Botão Voltar ao topo