Cabeleireiro desfere 27 tesouradas em cliente - Bolsão em Destaque de Três Lagoas
Polícia

Cabeleireiro desfere 27 tesouradas em cliente

Vítima arrumava o cabelo com o profissional havia um ano e tinha marcado horário para celebrar o aniversário. Homem foi preso

O cabeleireiro que atacou uma cliente com diversas tesouradas na cidade de Aparecida, no interior de São Paulo, gritava que precisava “enfiar a espada na serpente”, conforme relato da vítima, a advogada Júlia Castro, de 26 anos, à Record TV.

Júlia, que é cliente do prestador de serviços há um ano, conta que havia marcado um horário com o cabelereiro um dia antes de seu aniversário. “Eu sempre fui lá, ele me tratava muito bem, era calmo. Mas, nesse dia, percebi algo estranho”, relata.

O cabeleireiro desabafava com a cliente dizendo que sentia que sua mãe iria morrer logo e que estava chateado. Eles conversaram por um tempo e a advogada chegou a postar um story na rede social mostrando como estava ficando o trabalhando do profissional. Poucos minutos depois ela foi atacada.

De acordo com o relato da vítima, o homem estava finalizando o cabelo dela, quando pegou a tesoura e começou a atacá-la nas costas. Para tentar se defender, a advogada precisou entrar em luta corporal e chegou a mordê-lo, mas o homem continuou desferindo os golpes, machucando as pernas dela.

Vizinhos escutaram a confusão e foram socorrer a mulher no salão. Eles separaram a briga e levaram a vítima a um hospital, onde recebeu os atendimentos. “Para mim, ficou claro que ele realmente queria me matar”, desabafou a advogada.

Mesmo com diversos machucados pelo corpo, Júlia optou por não cancelar a festa de aniversário, que seria no dia seguinte. “Foi o maior livramento da minha vida”, conta.

Após a confusão, o cabeleireiro fugiu do local, mas foi encontrado pela polícia logo depois dizendo “palavras desconexas”. De acordo com os agentes, ele estava em surto.

O homem passou por exames psicológicos e foi preso por tentativa de homicídio. 

Botão Voltar ao topo