Cabos elétricos da Biblioteca Municipal são furtados e afeta o funcionamento de três serviços públicos - Bolsão em Destaque de Três Lagoas
Três Lagoas

Cabos elétricos da Biblioteca Municipal são furtados e afeta o funcionamento de três serviços públicos

Mais uma o serviço público prestado a todos os três-lagoenses é afetado pelo furto de cabos elétricos. Desta vez, o prédio afetado foi a Biblioteca Municipal “Rosário Congro”, que além de funcionar com empréstimos de livro, também abriga a Central de Imunização da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e a Procuradoria Jurídica do Município.

O furto deve ter ocorrido durante a noite de domingo (01 de outubro) ou na madrugada de segunda-feira (02 de outubro) e, com isso, afetou uma das fases do prédio, impossibilitando o uso de ventiladores, ar condicionado e luzes do local. Porém, as geladeiras que armazenam as vacinas não pararam de funcionar, pois a fase de energia que as mantêm ligadas não foi prejudicada. Mesmo assim, a equipe está tirando relatório diário para verificar se não há oscilação de temperatura e cause perda de doses.

De acordo com o Departamento de Manutenção Predial da Secretaria Municipal de Administração (SEMAD), o reparo tem que ser feito por um técnico especializado, por se tratar de cabos de alta tensão e, com isso, há um prazo de até 15 dias paras que os atendimentos no local sejam normalizados.

Um boletim de ocorrência foi registrado e a polícia está investigando mais esse caso de furto no intuito de identificar e punir o responsável.

ATENDIMENTO DOS SETORES

A equipe da Central de Imunização, que trabalha apenas de forma interna, sem atendimento ao público, foi redirecionada para o formato home office, mantendo o fluxo de trabalho normalmente.

Já a equipe de atendimento da biblioteca em si, com empréstimo de livros, foi levada para o prédio da Diretoria de Cultura, onde dá apoio em outras demandas da Secretaria Municipal de Educação e Cultura (SEMEC). Até o fim dos reparos, o serviço de retirada e devolução de livros será mantido suspenso.

A Procuradoria Jurídica também está em formato home office e atende pelo e-mail [email protected] ou pelo contato 67 99281-6275.

Botão Voltar ao topo