Cachorro ataca invasor, evita assalto em sua casa e agora corre o risco de ser sacrificado - Bolsão em Destaque de Três Lagoas
Mundo

Cachorro ataca invasor, evita assalto em sua casa e agora corre o risco de ser sacrificado

Um homem chamado José Arbey, de 32 anos, entrou em uma casa comunitária no estado de Chiapas, no México, em 7 de outubro, supostamente para roubar a residência. No entanto, ele não conseguiu passar pelo pátio da casa, pois encontrou em seu caminho um cachorro pitbull que o atacou, mordendo seu braço esquerdo.

Após ser internado, sua família quer agora a morte do cachorro que “defendeu” a casa. A história tem viralizado na web, causando comoção entre os internautas que prezam pela vida de Max, o pitbull em questão.

Quando os policiais chegaram no local, encontraram o quintal da casa ensanguentado e o homem agonizando de dor, que havia perdido parte do braço e foi levado para o hospital em uma emergência.

Agora, os familiares do ladrão pedem que o cachorro seja abatido, enquanto as autoridades solicitaram que o cão permaneça amarrado no pátio onde ocorreu o ataque enquanto verificam que ele não representa um risco para a comunidade.

O herói de Copoya“, como o animal foi apelidado pela comunidade por salvar sua família, está protegido na casa de seus donos por ordem das autoridades. Diferentes usuários expressaram seu apoio ao animal. “Ele não é um criminoso, ele defendeu sua família de um estranho”, “o cachorro só defendeu sua casa, sua família”, e “o castigo deve ser para o criminoso, não para o herói”, publicaram internautas no Twitter utilizando a hashtag #HéroeDeCopoya.

Botão Voltar ao topo