Chuvas de janeiro ultrapassam média histórica em pelo menos nove cidades de Mato Grosso do Sul - Bolsão em Destaque de Três Lagoas
DestaqueMato Grosso do Sul

Chuvas de janeiro ultrapassam média histórica em pelo menos nove cidades de Mato Grosso do Sul

Corguinho, Campo Grande e Coxim lideram a lista de municípios sul-mato-grossenses que antes do fim do mês ultrapassaram a média histórica de chuvas para janeiro. Com médias de, respectivamente, 243, 231,9 e 248,8 milímetros registrados no mês, os dados captados indicam que até o momento já choveu 324,4, 302,1 e 311,3 mm nestes locais.

Dados do Cemtec (Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima) apontam que nove municípios já passaram a média, ou seja, registram há pouco mais de uma semana para o fim do mês, mais de 100% do que é esperado para o período (133,5%, 130,3% e 125,1%, respectivamente, para Corguinho, Campo Grande e Coxim).

A lista conta também com Água Clara, Amambai, Bela Vista, Corumbá e Sete Quedas, conforme o que foi contabilizado entre os dias 1º e 22 de janeiro. A coleta conta com informações da ANA, Cemaden, Inmet e Semadesc.

Na outra ponta do “ranking da chuva”, aparece Itaquiraí, que registrou nesse período meros 11,4 mm de água, 8% do esperado para o mês – que é de 150,4 mm. Em Rio Brilhante, essa porcentagem é de atualmente de 32%, seguido por Aquidauana, com 39%.

Confirma abaixo a tabela completa do Cemtec:

Outra tabela foi divulgada nesta segunda-feira (23) pelo Cemtec, esta informando os números registrados em Mato Grosso do Sul nas últimas 48 horas (até às 8h30). Nova Alvorada do Sul foi o município onde mais choveu, com 80,8 mm.

Em segundo no ranking aparece Corguinho, com 56,8 mm, seguido por Bataguassu (54,4 mm), Água Clara (50,2) e São Gabriel do Oeste (49,6), Cassilândia (49,2) e Sete Quedas (43,8). Na ponta de baixo da lista, aparece Mundo Novo, com apenas 4,6 milímetros.

Botão Voltar ao topo