CNN suspende debate após Lula e Bolsonaro não garantirem participação - Bolsão em Destaque de Três Lagoas
DestaquePolítica

CNN suspende debate após Lula e Bolsonaro não garantirem participação

CNN Brasil suspendeu a realização do debate com os candidatos à presidência da República que estava programado para o dia 6 de agosto. A decisão foi tomada porque as campanhas dos candidatos Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Jair Bolsonaro (PL) não confirmaram as presenças de ambos.

Sem os dois candidatos que estão à frente nas pesquisas realizadas por institutos de opinião, o encontro não refletiria o atual cenário da corrida presidencial.

Bolsonaro desafia Lula para debate antes das eleições; veja o que ele disse

Durante discurso na Convenção Nacional do Partido Liberal, o presidente Jair Bolsonaro sinalizou que pode participar de debates políticos antes das eleições, e que deseja a participação do ex-presidente Lula (PT) para o embate.

Bolsonaro citou o petista quando falou sobre corrupção em seu governo. Segundo ele, o Brasil está há “três anos e meio sem corrupção”. Ainda no discurso, ele disse vai colaborar caso algum indício de corrupção apareça no seu governo.

“Tivemos a CPI da Covid. Qual a conclusão da CPI da Covid? Não acharam nada. Me acusaram de corrupto virtual, que queria comprar a vacina Covaxin. Não quiseram apurar o consórcio do Nordeste, que enviaram R$ 50 milhões e não compraram um respirador sequer”.

Neste momento, ele iniciou a menção ao ex-presidente e candidato à presidência.

“Sabemos o caráter do presidente da comissão, que foi ministro da justiça de Fernando Henrique, que foi procurado pelo então sindicalista Lula para botar em liberdade 10 sequestradores e chamou os sequestradores de meninos, que se equivocaram quando fizeram o sequestro”, discursou Bolsonaro.

Após a fala, o público presente se manifestou contra o petista, gritando “Lula, ladrão, seu lugar é na prisão”. E Bolsonaro continuou.

“Esse mesmo cara que defende o roubo de celulares, como direito do bandido para roubar e tomar uma cerveja. Que fala que a guerra de Ucrânia se resolve tomando uma cerveja”, falou.

“O mesmo cara que quer legalizar o aborto no Brasil, que quer legalizar as drogas no Brasil. Além de querer a desconstrução da heteronormatividade, criou a ideologia de gênero, querendo emboscar nossos filhos e netos a partir de 5 anos de idade dentro da escola para estimulá-los para o sexo desde esta idade. Isso não é papel de alguém que quer o bem de seu povo”.

Bolsonaro finalizou sua fala contra Lula citando um possível debate contra o ex-presidente.

“Não teria aqui adjetivo para qualificá-lo neste momento. Quem sabe num debate, caso esteja presente”, disse.

Botão Voltar ao topo