Com apoio da Suzano, Cooperativa Arara Azulfecha o ano com incremento de 22% na renda média das famílias - Bolsão em Destaque de Três Lagoas
Três Lagoas

Com apoio da Suzano, Cooperativa Arara Azulfecha o ano com incremento de 22% na renda média das famílias

A Cooperativa Arara Azul (Corpazul)deve encerrar o ano de 2022 com um incremento de 22% na renda média das 20famílias que trabalham com a coleta seletiva em Três Lagoas, saltando de R$ 1.190,00/mês para R$ 1.450/mês em média, durante o período de pouco mais de um ano. Boa parte deste resultado se deve à parceria entre a instituição e a Suzano, referência global na fabricação de bioprodutos desenvolvidos a partir do eucalipto, com o objetivo de promover a economia circular, consumo consciente e a geração de trabalho e renda no município.

“Na Suzano, temos o direcionador ‘só é bom para nós se for bom para o mundo’ e a destinação correta de resíduos vem ao encontro desse valor. Por isso, no ano passado, demos início ao ‘Grupo de Trabalho – Economia Circular’ visando fortalecer cooperativas e catadores de recicláveis e sensibilizar a sociedade para este novo modelo de negócio que integra geração de renda e proteção do meio ambiente. Queremos mostrar que, com uma ação simples, que é de separar os resíduos recicláveis, a população ajuda a sua cidade, o meio ambiente e ainda gera renda para muitas famílias”, destaca Israel Batista Gabriel, coordenador de Desenvolvimento Social da Suzano em Mato Grosso do Sul.

A parceria teve início em 2021, quando foram iniciadas uma série de palestras, cursos e consultoria especializada voltadas, principalmente, para a gestão da cooperativa, negócio e meio ambiente. A iniciativa também busca fortalecer ações de conscientização da população sobre a importância de separar os materiais recicláveis e buscar parcerias com grandes empresas para a destinação correta de resíduos. “Três Lagoas tem um grande potencial para se tornar uma referência na coleta seletiva de recicláveis e destinação correta de resíduos e vamos, em parceria com a Cooperativa Arara Azul, seguir com esse propósito”, completa Gabriel.

Atualmente, chegam à cooperativa cerca de 46 toneladas de recicláveis mensalmente, sendo 14,5 toneladas de papel/papelão, 15,6 toneladas de plástico, 3,39 toneladas de metais e 11,6 toneladas de vidro. O volume de recicláveis corresponde a um aumento de 15% em comparação a 2021.

A expectativa para 2023, antecipa o coordenador, é aumentar ainda mais estes indicadores, chegando a 60 toneladas/mês de recicláveis. Para isso, Suzano e Cooperativa pretendem intensificar a ações de educação ambiental, busca por parcerias com grandes geradores de resíduos recicláveis, apoio para participação em editais para captação de recursos e continuidade nas capacitações para cooperados.

É o que espera Eloir Ribeiro Custódio, presidente da Cooperativa Arara Azul. De acordo com ele, a capacidade de processamento da Cooperativa Arara Azul é de 150 toneladas/mensais de resíduos recicláveis. “Queremos retomar as palestras em escolas e o trabalho de porta em porta, explicando para a população o que pode ser separado e a importância de separar recicláveis para o meio ambiente e para a renda de muitas famílias. A parceria com a Suzano tem sido de extrema importância para atingirmos esse objetivo. Já percebemos mudanças positivas, por exemplo, já conseguimos cursos, estamos tendo maior reconhecimento, divulgação do nosso trabalho e aumento da nossa renda”, completa Custódio.

Triturador de vidro

Por meio da parceria, a cooperativa recebeu aporte financeiro para a aquisição de equipamentos de segurança individual, materiais de escritório e um triturador de vidro. O equipamento tem capacidade de triturar até 500 quilos de vidro por hora e garante maior segurança aos cooperados. Antes dele, o trabalho de trituração era feito manualmente, o que aumentava o risco de acidentes.

Além disso, com o triturador, a cooperativa passou separar o material por cores, o que resultou em um aumento considerável no valor de venda.

Sobre a Suzano

A Suzanoé referência global no desenvolvimento de soluções sustentáveis e inovadoras, de origem renovável, e tem como propósito renovar a vida a partir da árvore. Maior fabricante de celulose de eucalipto do mundo e uma das maiores produtoras de papéis da América Latina, atende mais de 2 bilhões de pessoas a partir de 11 fábricas em operação no Brasil, além da joint operation Veracel. Com 98 anos de história e uma capacidade instalada de 10,9 milhões de toneladas de celulose de mercado e 1,4 milhão de toneladas de papéis por ano, exporta para mais de 100 países. Tem sua atuação pautada na Inovabilidade – Inovação a serviço da Sustentabilidade – e nos mais elevados níveis de práticas socioambientais e de Governança Corporativa, com ações negociadas nas bolsas do Brasil e dos Estados Unidos. Para mais informações, acesse: www.suzano.com.br

Botão Voltar ao topo