Consorcio Brasil Central: MS mais seis estados querem ser indenizados caso tenha que repassar doses da Sputnik V para o PNI – Bolsão em Destaque de Três Lagoas
DestaqueMato Grosso do Sul

Consorcio Brasil Central: MS mais seis estados querem ser indenizados caso tenha que repassar doses da Sputnik V para o PNI

Em reunião virtual, do Conselho de Administração do Consorcio Brasil nesta quinta-feira (22), entre os Estados, discutiram negociatas envolvendo as vacinas Sputnik do Fundo Soberano Russo.

Administração do Consorcio Brasil, deixou definido que os Estados não se opõem a fazer o repasse para o PNI.

Como o Ministério da Saúde deseja, mas desde que remunerados fundo a fundo ou indenizados no aumento proporcional das cotas que lhe cabem das vacinas que estão sendo entregues pelo Ministério da Saúde. 

Ou seja, caso tenha que repassar doses da Sputnik para o PNI.

Consórcio Brasil Central quer ressarcimento de alguma forma por exemplo.

28 milhões de doses da vacina Sputnik V

Via Fundo Soberano Russo negociadas em Breve.

Incluindo todos os detalhes quanto ao cronograma de entrega dos lotes com as doses para cada Estado consorciado.

Portanto a intenção é distribuir 4 milhões de doses para cada Estado

Formação do Consórcio Brasil Central, são eles:

Portanto, a Procuradoria do Distrito Federal deve entrar com medida judicial para que a decisão do ministro Ricardo Lewandowski(STF) beneficie o Consórcio Brasil Central.

Que trata sobre a importação excepcional e temporária da Sputnik V, concedida ao estado do Maranhão.

Ou seja, estendida ao Consórcio Brasil Central.

Em conclusão: Portal do Governo do Estado de Mato Grosso do Sul

Botão Voltar ao topo