Construção do CEI “Santa Luzia” está 95% concluída - Bolsão em Destaque de Três Lagoas
Três Lagoas

Construção do CEI “Santa Luzia” está 95% concluída

Falta pouco para as crianças da região do bairro Santa Luzia terem um Centro de Educação Infantil inteiramente novo e totalmente adequado para o bom atendimento à educação na primeira infância.

A construção do CEI “Santa Luzia” já está 95% finalizada, conforme o relatório da Secretaria Municipal de Infraestrutura, Transporte e Trânsito (SEINTRA). A obra iniciou em março do ano passado e mesmo com o período intenso de chuvas, os trabalhos continuaram a todo vapor.

No momento, toda estrutura já foi levantada, elétrica e hidráulica instaladas, restando os acabamentos, conclusão da pintura e sanitários. A expectativa é que a Unidade “abra as portas para a criançada” ainda no segundo semestre de 2023.

Com este novo CEI, a Secretaria Municipal de Educação ofertará 200 vagas para crianças de até 03 anos. No prédio que anteriormente abrigava a Unidade, a capacidade era 149 crianças.

Esta é a 6ª unidade de ensino entregue em Três Lagoas desde o início da Gestão Angelo Guerreiro, sendo Escola Municipal “Elaine de Sá Costa”, CEI Novo Oeste II, Escola Municipal de Campo do Distrito de Arapuá, CEI “Edinéia Borges” e CEI “Jardim das Acácias”.

O CEI “Santa Luzia” possui: hall, secretaria, sala de professores/reuniões, direção, almoxarifado, sanitários acessíveis adultos (masculino e feminino), lactário, área de higienização pessoal, área de preparo de alimentos (mamadeiras e sopas) e lavagem de utensílios, salas de atividades, fraldários/depósitos, amamentação, solário, telefonia, elétrica, sanitários infantis, copa funcionários, lavanderia, rouparia, depósito de material de limpeza (D.M.L), refeitório, cozinha, dispensa, pátio de serviço, central de GLP, deposito de resíduos, pátio coberto e playground. Isso dará possibilidades de aprendizagem e desenvolvimento das crianças, se cumprindo o princípio da educação pública, com direito de todos e dever do estado.

Botão Voltar ao topo