Exportações de MS fecham o ano de 2022 em US$ 8,2 bilhões, o maior valor da série história do Estado - Bolsão em Destaque de Três Lagoas
DestaqueEconomia

Exportações de MS fecham o ano de 2022 em US$ 8,2 bilhões, o maior valor da série história do Estado

As exportações de Mato Grosso do Sul fecharam o ano de 2022 com valor recorde de US$ 8,2 bilhões de dólares e 17,6 milhões de toneladas em produtos, o maior registro da série histórica, iniciada em 1997. Em relação ao ano de 2021, o valor das exportações sul-mato-grossenses aumentou 18,79% e o das importações cresceram 27,8%.

O superávit da balança comercial fechou em US$ 4,882 bilhões em 2022, 13,35% maior do que os US$ 4,307 bilhões registrados no acumulado de janeiro a dezembro de 2021. As informações são da Carta de Conjuntura do Setor Externo do mês de janeiro de 2023, divulgada nesta sexta-feira (6) elaborada pela Semadesc (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação) com os dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex).

“Esse é o maior valor das exportações de toda a série histórica de Mato Grosso do Sul, mostrando a competência do Estado nas suas exportações e essa competência se traduz em competitividade. Só se consegue recorde exportações nós formos competitivos com os nossos produtos em outros mercados”, comenta o secretário Jaime Verruck, da Semadesc.

Com relação aos principais produtos exportados, a Soja em grão aparece como primeiro produto na pauta de exportações, com 25,09% do total exportado em termos do valor. O segundo produto é a Celulose, com 18,6% de participação, com aumento em termos de valor de 2,27% em relação a janeiro a dezembro de 2021. Outros produtos de destaque foram o milho em grão, que aumentou 701,77%; a carne de bovinos, que teve um crescimento de 26,87%; os óleos e gorduras vegetais e animais, 53,88%; carne de aves, 7,49%; ferro-gusa e ferroligas, 161,9%.

“É importante lembrar que ao longo desses anos nós temos aumentado a área plantada de soja e aumentado a produção e a consequência disso é de nossas exportações e aumento da das riquezas para Mato Grosso do Sul. Com relação à celulose, nosso Estado hoje já apresenta praticamente 30% do total da celulose brasileira exportada. Além disso, nós tivemos ao longo desse ano alguns destaques como as exportações das carnes bovinas que cresceram 26,8%, mostrando que a pecuária sul-mato-grossense, mesmo com todas as dificuldades, tem se posicionado de maneira competitiva no mercado internacional”, acrescentou o titular da Semadesc.

Com relação ao desempenho do milho, o secretário Jaime Verruck lembra que “Mato Grosso do Sul tem aumentado essa produção do grão, tem aumentado sua industrialização interna, principalmente no etanol e no uso para rações e, mesmo assim nós temos um saldo de exportação significativa de 3 milhões de toneladas de milho”.

Em relação aos produtos importados, Mato Grosso do Sul continuou com uma pauta concentrada na importação de gás boliviano, representando 43,45% da pauta de importações de 2022. Já em termos de destino das exportações houve uma concentração nas vendas externas para a China, representando cerca de 35,64% do valor total das exportações, seguida dos Estados Unidos, que representou 6,86% do comércio exterior sul-mato-grossense em 2022. Os países com maior aumento na participação foram: Japão (434,91%) e Irã (359,84%).

Botão Voltar ao topo