Filhos e mulher de Schumacher vivem como "prisioneiros", diz amigo - Bolsão em Destaque de Três Lagoas
Entretenimento

Filhos e mulher de Schumacher vivem como “prisioneiros”, diz amigo

Corinna, esposa do campeão de F1 e os filhos deles não saem, não viajam e não recebem visitas há dez anos

Há uma década, um dos maiores pilotos de Fórmula 1 do mundo, Michael Schumacher, sofreu um grave acidente esquiando . E desde então , o mundo não teve mais notícias dele, do estado de saúde dele e pouco sabe sobre o que realmente aconteceu . Para manter esse “segredo”, a família de Schumacher vive praticamente reclusa desde então . Pelo menos é isso que revelou um grande amigo da família, ex-chefe de Michael na F1, Eddie Jordan.

Michael Schumacher é um dos maiores nomes da história da Fórmula 1. O piloto alemão conquistou sete títulos mundiais na categoria e é considerado por muitos como o melhor de todos os tempos. Infelizmente, em 2013, um trágico acidente de esqui mudou a vida de Schumacher para sempre.

A fortuna

Desde então, a família do piloto tem se mantido reclusa e escondido do mundo o real estado de saúde de Michael. Segundo amigos próximos, a mulher de Schumacher, Corinna, e os filhos do casal vivem como “prisioneiros” para não serem abordados por curiosos. Nenhum amigo conseguiu visitar o piloto desde o acidente e a família não sai de casa nem viaja. Quando saem, os herdeiros do piloto costumam esconder os sobrenomes para não serem abordados com perguntas sobre o pai.

A situação tem gerado muita especulação e preocupação por parte dos fãs do ídolo da Fórmula 1. Alguns boatos afirmam que Schumacher teria sofrido graves sequelas em decorrência do acidente e que sua condição seria muito pior do que a família está disposta a admitir.

Para cuidar de Michael Schumacher, Corrina teria 12,3 milhões de dólares, o equivalente a 64 milhões de reais na cotação atual. E isso, para construir uma suíte médica em sua casa no Lago Genebra, na Suíça. Para conseguir tal feito, utilizou fundos da fortuna de 613 milhões de dólares da família, para construir uma suíte equipada com instalações médicas de alta tecnologia em sua mansão na Suíça.

A carreira de Schumacher na Fórmula 1 é uma das mais impressionantes da história. O piloto estreou na categoria em 1991 pela equipe Jordan e rapidamente chamou a atenção de todos pelo seu talento e determinação. Em 1994, conquistou seu primeiro título mundial pela Benetton, repetindo a dose em 1995.

Schumacher se transferiu para a Ferrari em 1996 e iniciou uma era de domínio na Fórmula 1. Entre 2000 e 2004, o alemão conquistou cinco títulos consecutivos pela escuderia italiana, se tornando o maior vencedor da história da categoria.

Após uma breve aposentadoria, Schumacher voltou às pistas em 2010 pela Mercedes, mas não conseguiu repetir o sucesso do passado. Em 2013, sofreu o acidente de esqui que mudaria sua vida para sempre.

A reclusão da família Schumacher tem deixado os fãs do piloto preocupados e ansiosos por notícias sobre sua saúde, mas os amigos acreditam que a família vai manter o sigilo sobre as condições do ídolo por tempo indeterminado .

Botão Voltar ao topo