Homem que matou e enterrou o corpo da esposa no quintal de casa é condenado a 25 anos de prisão em Mato Grosso do Sul - Bolsão em Destaque de Três Lagoas
DestaqueJustiça

Homem que matou e enterrou o corpo da esposa no quintal de casa é condenado a 25 anos de prisão em Mato Grosso do Sul

Pabilo dos Santos Trindade, de 36 anos, foi condenado a 25 anos e 6 meses de prisão pelos crimes de homicídio qualificado, agravado por asfixia, feminicídio, crime processual e ocultação de cadáver, segundo o Ministério Público de Mato Grosso do Sul (MP-MS). O acusado matou e enterrou o corpo da esposa Laiz de Jesus Cruz no quintal de casa, em Sonora.

A perícia apontou que Laís foi morta por enforcamento, com golpe tipo ‘mata-leão’ e que tinha ferimento na cabeça compatível com uma colher de cozinha, tipo concha.

A sentença de Pabilo foi dada na segunda-feira (24). Em depoimento, o personal trainer chegou a afirmar que a mulher poderia ter cometido suicídio. Pabilo e Laiz estavam casados há quatros e juntos tiveram um filho.

Os jurados reconheceram os delitos de fraude processual e ocultação de cadáver. Na sentença, a juíza de direito, Larissa Luiz Ribeiro, fixou a pena em 25 anos e 6 meses de reclusão e 30 dias-multa, devendo ser cumprida em regime fechado.

Relembre o crime
Em agosto de 2021, o corpo de Laís foi encontrado após a mãe dela estranhar o sumiço da filha e acionar a polícia, falando ainda que a jovem relatava violência doméstica.

Policiais foram até a residência do casal e falaram com Pabilo. No primeiro momento disse que a mulher havia viajado para Curitiba (PR) e que inclusive, no dia anterior, teria entrado em contato com ela por meio de uma ligação de celular.

Em um dos cômodos, um policial notou um forte cheiro de produto de limpeza e algumas manchas. No quinta da residência, outro investigador encontrou pertences e documentos da vítima. Um buraco, recém fechado, também chamou a atenção da equipe e foi neste local que foi localizado o corpo. O homem foi então preso.

Homem suspeito de matar esposa e enterrar corpo em fossa de 2m de profundidade — Foto: Polícia Civil/Imagem

Na versão do personal trainer à polícia, Laís teria dito que se mataria caso ele se envolvesse com outra pessoa. Ele então teria concordado com a hipótese de suicídio cogitado pela esposa e saído de casa. Ao voltar, encontrou a companheira morta no quarto, com corpo ensanguentado e uma colher de cozinha, tipo concha, ao lado.

Fonte G1MS

Botão Voltar ao topo