Jornalista compara filha do Presidente de 12 anos a prostituta - Bolsão em Destaque de Três Lagoas
Polícia

Jornalista compara filha do Presidente de 12 anos a prostituta

Um tuíte publicado no último domingo (16) pela jornalista Barbara Gancia com um ataque a Laura, filha do presidente Jair Bolsonaro (PL) que completa 12 anos nesta terça-feira (18), gerou revolta na web e foi alvo de reação até da primeira-dama Michelle Bolsonaro. No Twitter, a comunicadora afirmou: “Para bolsonarista imbrochável feito o nosso presidente, quando a filha do Bolsonaro se arruma, ela parece uma p***”.

A postagem, que continuava no ar até a tarde desta terça, causou a ira de internautas, que questionaram o tom adotado pela jornalista para criticar o presidente da República. A controversa publicação foi repercutida até pela primeira-dama Michelle Bolsonaro, que prometeu adotar medidas contra a declaração feita por Barbara.

– Só lembrando a esta senhora que a minha filha Laura é uma criança. Medidas serão tomadas – escreveu Michelle.

Essa não é a primeira vez em que Barbara se envolve em polêmicas relacionadas a declarações controversas envolvendo Bolsonaro ou seus apoiadores. Em agosto, a comunicadora foi condenada a pagar R$ 10 mil ao assessor internacional do presidente da República, Filipe Garcia Martins, por chamá-lo de “supremacista”.

Em julho de 2021, a jornalista foi criticada nas redes sociais após dizer que iria rezar pela morte do presidente Jair Bolsonaro e do filósofo Olavo de Carvalho, que faleceu em janeiro deste ano. Na época, quando ambos passavam por problemas de saúde, a jornalista chamou o chefe do Executivo de “saco de m*****”.

Botão Voltar ao topo