Lula é o único brasileiro na lista do Centro de Combate à Desinformação da Ucrânia  - Bolsão em Destaque de Três Lagoas
Mundo

Lula é o único brasileiro na lista do Centro de Combate à Desinformação da Ucrânia 

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) foi incluído em uma lista de pessoas que promovem o que o governo da Ucrânia chamou de “propaganda russa” na guerra entre os dois países.

O documento foi divulgado em 14 de julho pelo Centro de Combate à Desinformação da Ucrânia, órgão governamental criado para contestar informações divulgadas pela Rússia.

A lista contém 78 personalidades de vários países e as frases consideradas pró-Rússia pelo governo ucraniano.

Lula é o único brasileiro na lista do Centro de Combate à Desinformação, uma plataforma criada pela defesa ucraniana.

O motivo para Lula estar na lista, segundo a Ucrânia, é a declaração de que o presidente ucraniano Volodymyr Zelensky é tão culpado pela guerra quanto Vladimir Putin.

Ainda de acordo com o centro ucraniano, Lula teria dito que a Rússia “deve liderar a nova ordem mundial”.

O documento ucraniano contém jornalistas, políticos, militares e outras personalidades acusados pelo governo de divulgar propaganda pró-Rússia. Entre os citados estão o jornalista americano Glenn Greenwald, a política francesa Marine Le Pen, e o empresário e ativista alemão Kim Dotcom.

Botão Voltar ao topo