MPMS e IHP firmam acordo para uso de IA que reconhece incêndios no Pantanal – Bolsão em Destaque de Três Lagoas
DestaqueMato Grosso do Sul

MPMS e IHP firmam acordo para uso de IA que reconhece incêndios no Pantanal

O Ministério Público de Mato Grosso do Sul assinou um acordo de cooperação técnica com o Instituto Homem Pantaneiro (IHP), para fortalecer o combate aos incêndios florestais no Pantanal sul-mato-grossense através do uso de tecnologia avançada. O ato oficial aconteceu no dia 5 de julho, na sede do IHP, em Corumbá.

O acordo foi assinado pelo Procurador-geral de Justiça, Romão Avila Milham Junior, com a presença do Promotor de Justiça Pedro de Oliveira Magalhães, da 2ª Promotoria de Justiça de Corumbá, e do presidente do IHP, Angelo Rabelo.

O MPMS terá acesso integral e em tempo real ao sistema de monitoramento Pantera, mantido pelo IHP em parceria com a startup Um Grau e Meio. Este sistema utiliza inteligência artificial para identificar sinais de fumaça e reconhecer incêndios em questão de minutos, proporcionando uma resposta mais rápida e eficaz do que os métodos tradicionais de rastreamento por satélite.

Atualmente, o sistema Pantera opera na região do Alto Pantanal, monitorando até 1 milhão de hectares, incluindo a Serra do Amolar. O sistema funciona 24 horas por dia, sete dias por semana, com cinco câmeras instaladas em locais remotos sem acesso por estradas.

O Promotor de Justiça Pedro de Oliveira Magalhães ressaltou a importância do acordo, destacando que a tecnologia de IA permitirá um monitoramento em tempo real dos incêndios no Pantanal. Angelo Rabelo, presidente do IHP, sublinhou a necessidade de união de forças para a conservação do Pantanal, considerado um Patrimônio Natural da Humanidade.

O acordo terá vigência de julho a outubro de 2024, período crítico para incêndios devido à estiagem. O MPMS também atua por meio do Núcleo de Geotecnologias (NUGEO) para identificar e monitorar incêndios no Pantanal. Entre 10 de maio e 10 de junho, 8.836,35 hectares foram afetados por incêndios no Mato Grosso do Sul.

Sobre o IHP

Fundado em 2002, o Instituto Homem Pantaneiro é uma organização sem fins lucrativos dedicada à conservação do bioma Pantanal e da cultura local. Suas atividades incluem a gestão de áreas protegidas, apoio a pesquisas científicas e promoção do diálogo entre atores interessados na área.

Texto: IHP – o Instituto Homem Pantaneiro

Botão Voltar ao topo