MUDANÇA DO STREAMER: Netflix lança plano mais barato - se você puder assistir anúncios - Bolsão em Destaque de Três Lagoas
Entretenimento

MUDANÇA DO STREAMER: Netflix lança plano mais barato – se você puder assistir anúncios

A plataforma de streaming de vídeo Netflix anunciou a data de lançamento e os preços de sua próxima opção de assinatura suportada por anúncios.

O preço do seu plano será mais barato e com exibição de anúncios 

No Brasil a nova assinatura com publicidade custará R$18,90 por mês e será lançada oficialmente às 13h de 3 de novembro.

O valor representa uma redução de 27% em relação ao plano básico sem anúncios, que custa R$ 25,90. Mesmo assim, o preço da assinatura da Netflix permanece mais caro do que o de seus principais concorrentes, como Amazon Prime Video (R$ 14,90) e AppleTV+ ( R$ 9,90).

O custo nos EUA será de US$ 6,99 por mês.

O plano suportado por anúncios , chamado Basic with Ads, estará disponível nos EUA e em outros 11 países a partir de 3 de novembro, de acordo com um comunicado de imprensa da empresa. 

Aqui estão os outros países em que estará disponível:

  • Austrália
  • Estados Unidos
  • Canadá
  • França
  • Alemanha
  • Itália
  • Japão
  • Coréia
  • México
  • Espanha
  • Reino Unido

No plano Basic with Ads, os usuários verão em média de quatro a cinco minutos de anúncios por hora, cada um com 15 ou 30 segundos de duração, disse a Netflix. Eles serão reproduzidos antes e durante qualquer título que o usuário esteja assistindo.

As pessoas com a assinatura Basic with Ads não poderão assistir a um “número limitado” de programas de TV e filmes “devido a restrições de licenciamento” que a Netflix disse estar “trabalhando”. Os usuários também não poderão baixar entretenimento para assistir offline, de acordo com o comunicado.

Os três planos sem anúncios existentes da Netflix – Basic, Standard e Premium – não serão afetados, além da melhoria da qualidade de vídeo do Basic para 720p/HD, disse a empresa. 

A plataforma de streaming anunciou pela primeira vez que tinha planos de oferecer uma versão mais barata e suportada por anúncios no início do ano, depois de relatar um crescimento em declínio . Em julho, a Netflix disse que decidiu fazer parceria com a Microsoft em tecnologia de publicidade e vendas.

Os anunciantes terão acesso a “amplos recursos de segmentação” por país e gênero e poderão impedir que seus anúncios sejam reproduzidos com conteúdo “que possa ser inconsistente com sua marca”, de acordo com o comunicado da Netflix.

Espera-se que o plano Basic with Ads lance outros países “ao longo do tempo”, disse a Netflix.

Botão Voltar ao topo