NOAA atualiza sobre El Niño e La Niña - Bolsão em Destaque de Três Lagoas
DestaqueMundo

NOAA atualiza sobre El Niño e La Niña

O Centro de Previsão Climática/NCEP/NWS emitiu sua discussão diagnóstica mais recente sobre o fenômeno El Niño/Oscilação Sul (ENSO, em inglês). Esta avaliação,  fornece uma visão detalhada do estado atual e das projeções futuras deste fenômeno climático crucial para o Clima do Brasil.

Estado atual e previsão

Atualmente, estamos em um período de alerta para El Niño, o que significa que pode haver um aquecimento das águas do Oceano Pacífico. Mas há uma boa chance de que isso se normalize nos próximos meses, com 85% de probabilidade de voltarmos ao padrão “normal”. Além disso, há 60% de chance de que possamos entrar em um período de La Niña, que é quando as águas do Pacífico ficam mais frias.

Figura 1

Figura 1 – Probabilidades oficiais do ENSO para o índice de temperaturas da superfície oceânica do Niño 3.4 (5°N-5°S, 120°W-170°W). Figura atualizada em 11 de abril de 2024. Crédito: NOAA

Anomalias nas temperaturas da superfície do oceano

Durante março de 2024, foi observado um enfraquecimento contínuo das anomalias nas temperaturas da superfície do oceano (SST) ao longo do Oceano Pacífico equatorial. As SSTs mostraram resfriamento no extremo leste do Pacífico, com valores semanais recentes entre Niño-1+2 a -0.1°C. Enquanto isso, as anomalias em outras regiões de El Niño oscilaram entre +0.9°C e +1.2°C.

O que isso significa para o Clima?

Essas mudanças podem afetar o clima em todo o mundo. Por exemplo, se entrarmos em um período de La Niña, algumas áreas podem enfrentar mais chuvas e outras podem ficar mais secas do que o normal.Os especialistas continuarão monitorando o clima e atualizando suas previsões regularmente. A próxima atualização está prevista para maio de 2024.

Botão Voltar ao topo