Pedidos de seguro-desemprego disparam no primeiro bimestre de 2024. Veja como solicitar  – Bolsão em Destaque de Três Lagoas
DestaqueEconomia

Pedidos de seguro-desemprego disparam no primeiro bimestre de 2024. Veja como solicitar 

Dados do Ministério do Trabalho e Emprego mostram que o número de pedidos de seguro-desemprego cresceu nos dois primeiros meses 2024. Com isso, as solicitações atingiram seu maior patamar para o primeiro bimestre desde 2015.

Em janeiro e fevereiro deste ano, houve 1,2 milhão de requerimentos. Com relação ao mesmo período em 2023, o número em questão equivale a uma alta de 8%.

O seguro-desemprego é um benefício social para assegurar estabilidade após uma situação de desemprego. Esse auxílio é fornecido em dinheiro por tempo pré-determinado. O intervalo pode variar de três a cinco parcelas, de forma contínua ou alternada.

O seguro-desemprego não é cumulativo com outros auxílios trabalhistas ou previdenciários, com exceção de auxílio-acidente ou pensão por morte.

Como dar entrada no Seguro-Desemprego em 2024?

Para solicitar o seguro-desemprego, você tem três métodos à disposição: o site do Governo Federal, o aplicativo da Carteira de Trabalho Digital ou de maneira presencial. 

A seguir, vamos explicar pela Carteira de Trabalho.

Pelo aplicativo Carteira de Trabalho digital:

  • Baixe a Carteira de Trabalho Digital no seu smartphone.
  • Cadastre-se fornecendo CPF, nome, celular e e-mail.
  • Valide sua identidade seguindo as instruções do aplicativo.
  • Responda às questões pessoais requeridas.
  • Valide o cadastro através do link enviado por e-mail ou SMS.
  • Crie uma senha segura para o acesso.

O prazo para solicitar o Seguro-Desemprego começa a partir do 7º dia após a demissão e se estende até o 120º dia para trabalhadores formais. 

Para empregados domésticos, o prazo é do 7º ao 90º dia após a dispensa. Respeitar esses prazos é fundamental para garantir o acesso ao benefício.

Fonte Jornal Contábeis

Botão Voltar ao topo