PMA de MS resgata irara encontrada ferida à margem de rodovia vítima de atropelamento e orienta à população sobre atropelamentos de animais - Bolsão em Destaque de Três Lagoas
Polícia

PMA de MS resgata irara encontrada ferida à margem de rodovia vítima de atropelamento e orienta à população sobre atropelamentos de animais

Policiais Militares Ambientais de Jardim realizaram ontem (26) o resgate de uma animal silvestre da espécie Eira barbaraconhecido pelo nome comum de irara. A equipe recebeu no quartel o animal, de um usuário da rodovia MS 382, que o havia socorrido no Km 12 da rodovia, no município de Guia Lopes da Laguna.

Os Policiais verificaram que o animal possuía vários ferimentos provocados por atropelamento. A irara, que aparentava estado crítico de saúde, foi colocada em uma caixa de contenção na viatura e levada urgentemente para atendimento de um veterinário voluntário, no Recinto de Reabilitação de Animais silvestres (RARAS) de Bonito que tem ajudado muito a PMA nos casos com animais feridos. O bicho ficou aos cuidados do médico veterinário Marcelo Aparecido de Jesus Mathias.

ORIENTAÇÃO SOBRE ATROPELAMENTO DE ANIMAIS

A Polícia Militar Ambiental tem verificado que muitas vezes as pessoas não socorrem os animais atropelados por medo de ser crime e orienta, que não existe crime ao atropelar um animal sem intenção. No caso, o procedimento correto é parar o veículo em local seguro e, com segurança, verificar se ele está morto. Se não estiver, efetue o socorro, porque toda vida tem um sentido e vale a pena, ou se não houver como socorrê-lo naquele momento, acione, assim que possível, os órgãos públicos para que o bicho receba o atendimento adequado.

Se o animal estiver morto e estiver na pista de rolamento, com segurança, retire-o para o acostamento, para evitar que outro usuário da rodovia possa vir a se acidentar e, às vezes, até matar a si e sua família, em novo possível acidente, que esta atitude simples poderia ter evitado. Neste caso desta irara, o motorista que atropelou o animal não teve a sensibilidade de realizar o socorro, porém, o bicho foi salvo graças a atitude do cidadão que o viu e o socorreu.

Botão Voltar ao topo