PMA de MS resgata tamanduás-bandeiras, sendo mãe doente com suspeitas iniciais de possível intoxicação por veneno para formigas com filhote no dorso - Bolsão em Destaque de Três Lagoas
Polícia

PMA de MS resgata tamanduás-bandeiras, sendo mãe doente com suspeitas iniciais de possível intoxicação por veneno para formigas com filhote no dorso

Dois animais silvestres da espécie Myrmecophaga tridactyla (tamanduá-bandeira) foram resgatados ontem (27) à tarde, em uma propriedade rural, localizada a 22 km da cidade de Naviraí, por Policiais Militares Ambientais. Um funcionário da propriedade acionou a PMA, depois de avistar o animal adulto debilitado, cambaleante, aparentando estar doente, transportando o filhote no dorso.

A equipe da PMA foi ao local realizou os resgates, colocou os animais em uma caixa de contenção, sem expor a riscos de lesão os bichos. Como a mãe estava debilitada, os tamanduás foram encaminhados para atendimento médico veterinário na fazenda Green Farm CO2 Free, no município de Itaquiraí, a qual possui um Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (CRAS), com estrutura adequada para recebimento e atendimento médico veterinário de animais silvestres e que também presta ajuda à PMA, com os animais resgatados.

O veterinário informou à equipe Policial, que provavelmente os animais possam ter sido intoxicados pela ingestão de veneno de formigas ou cupins, base da alimentação dos tamanduás, ou outro material contaminante em algum local durante a migração na busca de alimento. Os bichos estão sob a supervisão do profissional que passa todas as informações aos técnicos do Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (CRAS), de Campo Grande. Assim que possível, serão reintroduzidos à natureza.

Botão Voltar ao topo