Polícia Civil deflagra operação FOGO AMIGO e prende suspeitos de duplo homicídio nas proximidades da Rodovia BR-158 - Bolsão em Destaque de Três Lagoas
Polícia

Polícia Civil deflagra operação FOGO AMIGO e prende suspeitos de duplo homicídio nas proximidades da Rodovia BR-158

A Polícia Civil do Estado de Mato Grosso do Sul, com o apoio da Polícia Civil do Estado de São Paulo, deflagrou nas primeiras horas desta quarta-feira (28/02/2023), a Operação FOGO AMIGO.

A ação foi coordenada pela SIG (Seção de Investigação Geral) e pelo NRI (Núcleo Regional de Inteligência), da Delegacia Regional de Policia Civil de Três Lagoas/MS.

A operação ocorreu na cidade de Bauru /SP, onde residem os suspeitos da prática dos crimes, em ação conjunta com equipes da 1a DIG, 3a Delegacia de Homicídios, SECCOLD e GOE, todos da DEIC/DEINTER-4, da Polícia Civil do Estado de São Paulo.

As diligências de hoje firam resultado da conclusão das investigações realizadas pela SIG e pelo NRI de Três Lagoas/MS, referentes a dois homicídios ocorridos no município, no mês de julho do ano passado.

No dia 22/07/2023, dois corpos, um masculino e um feminino, foram encontrados em regiões periféricas do município, um deles nas proximidades da Rodovia BR-158, e o outro no bairro Jardim Imperial, ambos com sinais de asfixia e parcialmente carbonizados.

As investigações desenvolvidas pela SIG e pelo NRI de Três Lagoas/MS duraram cerca de 07 (sete) meses e culminaram na apuração dos envolvidos, com a definição das autorias, meios empregados e motivações.

Ao final das investigações a Polícia Civil representou por 02 (dois) mandados de prisão, e 02 (dois) mandados de busca e apreensão.

Após manifestação favorável do Ministério Público, as ordens judiciais foram expedidas pelo Juízo da 1ª Vara Criminal e do Tribunal do Júri, da Comarca de Três Lagoas/MS.

Os dois alvos buscados foram presos, sendo que um deles, ainda foi autuado em flagrante suspeito da prática do crime de tráfico de drogas, com a apreensão de grande quantidade de substâncias entorpecentes.

Eles serão recambiados para a cidade Três Lagoas/MS, onde serão formalmente indiciados e interrogados pela prática de dois crimes de homicídio quadruplamente qualificados, pelo motivo fútil, pelo recurso que impossibilitou a defesa das vítimas, pelo emprego de fogo e asfixia, e ainda, para assegurar a impunidade de outro crime.

Botão Voltar ao topo