Polícia de Três Lagoas prende suspeito de estuprar filha menor de idade – Bolsão em Destaque de Três Lagoas
Polícia

Polícia de Três Lagoas prende suspeito de estuprar filha menor de idade

No final da tarde da última sexta-feira (15/12), agentes da SIG (Seção de Investigação Geral) e do NRI (Núcleo Regional de Inteligência) de Três Lagoas/MS, em apoio à Polícia Civil da cidade de Nova Alvorada do Sul/MS, prenderam um homem de 48 anos de idade, suspeito da prática do crime de estupro de vulnerável.

Contra o indivíduo havia um mandado de prisão preventiva, em razão estar sendo processado criminalmente, acusado da prática de reiterados abusos sexuais contra sua filha, menor de idade à época dos fatos.

No ano de 2016, a vítima procurou a Delegacia de Polícia Civil da cidade de Nova Alvorada do Sul/MS e narrou o ocorrido, afirmando que quando sua genitora saía da residência, seu pai praticava atos sexuais contra ela, e depois a ameaçava de agressões físicas, caso ele revelasse a alguém o que vinha sofrendo, acrescentando que os abusos iniciaram-se quando ela tinha apenas dez anos de idade e que perduraram por cerca de cinco anos.

Desde então, policiais civis daquela cidade procediam investigações para localizá-lo, e durante as diligências, investigadores da Delegacia de Polícia Civil de Nova Alvorada do Sul/MS obtiveram a informação de que ele poderia estar residindo nesta cidade de Três Lagoas/MS, solicitaram apoio da SIG para encontrá-lo.

Tomando conhecimento dos fatos e da existência do mandão de prisão, os agentes da SIG e do NRI de Três Lagoas/MS iniciaram diligências e conseguiram apurar um endereço comercial do homem, onde foi encontrado e preso.

Ele foi encaminhado até a sede da SIG, onde foi dado o devido cumprimento ao mandado de prisão, sendo em seguida conduzido às celas da DEPAC (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário), onde permanecerá à disposição da Justiça.

A SIG/TL (Seção de Investigações Gerais de Três Lagoas/MS) solicita a colaboração e apoio de toda população trêslagoense, com informações sobre a prática de crimes e localização de indivíduos foragidos da Justiça, sendo que as denúncias poderão ser realizadas através dos telefones (67) 3929-1173 ou (67) 99226-8210 (WhatsApp). O sigilo e anonimato são assegurados.

Botão Voltar ao topo