Polícia identifica autores de "mata leão" que causou a morte de foragido em Três Lagoas - Bolsão em Destaque de Três Lagoas
Polícia

Polícia identifica autores de “mata leão” que causou a morte de foragido em Três Lagoas

Segundo o Boletim de Ocorrência, na madrugada de 10 de janeiro deste ano, a Polícia Militar foi chamada para a rua José Sebastião de Souza, no número 213, bairro Santos Dumont, perto da feira livre de Três Lagoas. Um indivíduo estava caído na rua, já sem vida, e moradores afirmavam que ele estava praticando furtos na região. A vítima foi identificada como Deivid Lucas Marques da Silva, 30 anos, foragido do sistema prisional local e com histórico policial.

Segundo as investigações da equipe do Setor de Investigações Gerais (SIG/TL), Deivid teria sido perseguido pelos moradores acusado de furtos. Ao ser abordado, foi agredido e acabou morrendo na rua. Os autores não foram identificados na ocasião.

As investigações do SIG/TL revelaram que Deivid foi contido por dois indivíduos em uma luta corporal. Um deles o segurou com um golpe chamado “mata leão”, rolando pelo chão e causando uma lesão fatal no pescoço. O laudo do Instituto Médico Legal (IML) indicou que a causa da morte foi “hipoxia cerebral, devido à asfixia mecânica por constrição do pescoço”.

Os suspeitos foram identificados, um de 23 anos, e o outro 21 anos, ambos moradores da região onde o corpo foi encontrado. Eles compareceram ao SIG e confessaram ter participado da morte de Deivid. Alegaram que apenas queriam contê-lo, pois o viram pulando muros na região. Os suspeitos disseram que tentaram reanimar a vítima, e um deles, é enfermeiro, além de terem solicitado ajuda do SAMU.

Os suspeitos foram ouvidos e liberados para a continuação das investigações. O inquérito policial será concluído pela 3ª Delegacia de Polícia de Três Lagoas. Denúncias podem ser feitas pelos telefones 67.3929.1173, 67.3521.4984 ou 67-9.9226.8210 (WhatsApp).

Por Yuri Spazzapan com informações da Assecon PCMS

Botão Voltar ao topo