Python engole mulher inteira na Indonésia - Bolsão em Destaque de Três Lagoas
Mundo

Python engole mulher inteira na Indonésia

Uma píton reticulada de 5 metros engoliu uma mulher inteira na Indonésia

Uma mulher desaparecida foi encontrada comida viva por uma enorme píton depois que moradores locais cortaram seu corpo da cobra na Indonésia .

Farida, 45 anos, desapareceu na noite de quinta-feira. Seu corpo foi descoberto dentro da píton reticulada na sexta-feira por seu marido e moradores da vila de Kalempang, na província de Sulawesi do Sul, disse uma autoridade local, segundo a AFP.

A busca pela mãe desaparecida de quatro filhos começou depois que ela não voltou para casa na noite de quinta-feira, disse à AFP o chefe da aldeia, Suardi Rosi.

Seu marido “encontrou seus pertences… o que o deixou desconfiado. Os moradores então revistaram a área. Logo avistaram uma píton com uma barriga grande”, disse Suardi.

“Eles concordaram em abrir o estômago da píton. Assim que o fizeram, a cabeça de Farida ficou imediatamente visível.” 

A mulher desaparecida foi encontrada totalmente vestida dentro da enorme cobra , que teria pelo menos 5 metros de comprimento.

Seu marido, identificado como Noni, lamentou ter deixado a esposa sair sozinha. “Se eu estivesse com ela naquele dia, a cobra não teria ousado tocá-la”, disse ele, segundo o ViralPress. 

“Sinto muito pelo sofrimento que ela passou. Lamento pela nossa família”, disse ele. 

Tais incidentes são incrivelmente raros, mas não são inéditos na Indonésia.

No ano passado, moradores do distrito de Tinanggea, no sudeste de Sulawesi, mataram uma píton monstruosa de 8 metros de comprimento , que foi encontrada estrangulando e comendo um fazendeiro local, segundo a AFP. 

Em 2018, uma mulher de 54 anos foi encontrada morta dentro de uma cobra de 7 metros de comprimento na cidade de Muna, no sudeste de Sulawesi. 

E no ano anterior, um agricultor em Sulawesi Ocidental desapareceu e mais tarde foi encontrado a ser comido vivo por uma píton de 4,3 metros numa plantação de óleo de palma, informou a AFP.

A píton reticulada é considerada a cobra mais longa do mundo e é originária da Indonésia, Filipinas, Índia e Bornéu. A píton reticulada mais longa já descoberta tinha 32 pés de comprimento e pesava incríveis 350 libras, de acordo com a Reptiles Magazine.

Sua dieta natural é composta principalmente de roedores, mas sabe-se que cobras maiores se alimentam de porcos, civetas, ursos e até primatas.

Fox News

Botão Voltar ao topo