Quase todo mercado de cigarros em Mato Grosso do Sul é contrabandeado, aponta pesquisa - Bolsão em Destaque de Três Lagoas
DestaqueMato Grosso do Sul

Quase todo mercado de cigarros em Mato Grosso do Sul é contrabandeado, aponta pesquisa

Quase todo o mercado de cigarros de Mato Grosso do Sul é contrabandeado, segundo divulgado pelo Fórum Nacional Contra a Pirataria e a Ilegalidade. Os dados apontam que 75% do comércio do produto no estado é de origem ilícita.

A pesquisa aponta ainda que o crime de contrabando de cigarros movimentou R$ 326 milhões em apenas um ano.

Para o secretário executivo de Segurança Pública do Mato Grosso do Sul, coronel Wagner Ferreira da Silva, a localização geográfica do estado – que faz fronteira com o Paraguai e a Bolívia – facilita a ação dos criminosos.

“As principais portas de entrada do contrabando estão no Mato Grosso do Sul e no Paraná. São os principais portos, onde o fluxo logístico e a geografia são muito propícios para a entrada desses materiais do contrabando”, diz.

O estudo estima que a evasão fiscal no estado, em razão do contrabando, levando em conta apenas o ICMS, foi de R$ 94 milhões em 2022.

Nesse contexto, o presidente do FNCP defende o debate tributário para enfrentar o crime.

“É importante que sejam tomadas medidas que impactem a demanda do cigarro contrabandeado e não apenas medidas que se restrinjam ao combate da oferta do produto ilegal. Para isso, a questão tributária é fundamental e deve ser colocada em discussão”, enfatiza Edson Vismona.

Fonte G1MS

Botão Voltar ao topo