Região de Três Lagoas deu origem a nove distritos, Água Clara, Xavantina e Selvíria tornaram cidades – Bolsão em Destaque de Três Lagoas
DestaqueTrês Lagoas

Região de Três Lagoas deu origem a nove distritos, Água Clara, Xavantina e Selvíria tornaram cidades

Uma Jornada de Transformações: De 1936 até os Dias Atuais

A história territorial de Três Lagoas, um município de grande importância no Mato Grosso do Sul, é marcada por diversas mudanças e reorganizações administrativas ao longo dos anos. Abaixo, exploramos a evolução dos distritos que compõem essa cidade, destacando as principais alterações desde 1936 até 2024.

Décadas de 1930 a 1940: Formação e Primeiras Mudanças

Em 31 de dezembro de 1936, Três Lagoas era constituído por seis distritos: Três Lagoas, Água Clara, Alto Sucuriú, Chavantina, Véstia e Vila dos Garcias. Durante o período de 1939 a 1943, essa configuração permaneceu inalterada. No entanto, em 2 de abril de 1940, pelo Decreto-lei Federal n.º 2.104, o distrito de Vila dos Garcias passou a ser denominado apenas Garcias.

No quadro territorial de 1944 a 1948, o distrito de Chavantina teve seu nome alterado para Xavantina, mantendo-se no município de Três Lagoas. Em 1 de julho de 1950, a divisão territorial ainda contava com seis distritos: Três Lagoas, Água Clara, Alto Sucuriú, Garcias, Xavantina e Véstia.

Década de 1950: Primeiras Reorganizações Significativas

A Lei Estadual n.º 676, de 11 de dezembro de 1953, desmembrou os distritos de Água Clara e Alto Sucuriú do município de Três Lagoas, formando o novo município de Água Clara. Assim, a divisão territorial de 1 de julho de 1955 estabeleceu Três Lagoas com quatro distritos: Três Lagoas, Garcias, Xavantina e Véstia. Esta configuração permaneceu até 1 de julho de 1960.

Década de 1960: Novas Criações e Transferências

Em 14 de novembro de 1963, a Lei Estadual n.º 1.970 transferiu o distrito de Xavantina para o novo município de Brasilândia. Ainda em 1963, as Leis Estaduais n.º 2.067 e 2.112 criaram os distritos de Arapuá e Ilha Comprida, anexando-os a Três Lagoas. A Lei Estadual n.º 1.307, de 28 de novembro de 1959, alterou o nome do distrito de Véstia para Guadalupe do Alto Paraná.

Até 31 de julho de 1968, Três Lagoas era composto por cinco distritos: Três Lagoas, Arapuá, Garcias, Guadalupe do Alto Paraná e Ilha Comprida. Em 4 de junho de 1976, a Lei Estadual n.º 3.737 criou o distrito de Selvíria a partir do território do extinto distrito de Guadalupe do Alto Paraná, anexando-o ao município.

Décadas de 1970 a 1980: Expansão e Emancipação

Em 1 de janeiro de 1979, Três Lagoas contava com cinco distritos: Três Lagoas, Arapuá, Garcias, Ilha Comprida e Selvíria. Porém, em 12 de maio de 1980, pela Lei Estadual n.º 79, o distrito de Selvíria foi desmembrado e elevado à categoria de município.

Década de 1980: Estabilidade e Nova Criação

Em 1 de julho de 1983, Três Lagoas era composto por quatro distritos: Três Lagoas, Arapuá, Garcias e Ilha Comprida. Posteriormente, foi criado o distrito de Guadalupe do Alto Paraná, novamente anexado ao município. Assim, em 1988, Três Lagoas contava com cinco distritos: Três Lagoas, Arapuá, Garcias, Guadalupe do Alto Paraná e Ilha Comprida. Essa configuração permaneceu inalterada até 2014.

A história territorial de Três Lagoas reflete um constante processo de reorganização e adaptação às necessidades administrativas e populacionais da região. Desde a sua formação inicial até as mais recentes mudanças, cada alteração territorial contribuiu para moldar o município como o conhecemos hoje.

Ao longo da história territorial de Três Lagoas, conforme descrito, foram mencionados os seguintes distritos:

  1. Três Lagoas
  2. Água Clara
  3. Alto Sucuriú
  4. Chavantina (posteriormente Xavantina)
  5. Véstia (posteriormente Guadalupe do Alto Paraná)
  6. Vila dos Garcias (posteriormente Garcias)
  7. Arapuá
  8. Ilha Comprida
  9. Selvíria

Totalizando, ao todo, nove distritos diferentes foram mencionados ao longo do período analisado.

Fonte IBGE

Leia também.:

Botão Voltar ao topo