Sem Lula na convenção, PT aprova candidatura de ex-presidente - Bolsão em Destaque de Três Lagoas
Política

Sem Lula na convenção, PT aprova candidatura de ex-presidente

O Partido dos Trabalhadores (PT) formalizou nesta quinta-feira, 21, a candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva à Presidência. A indicação aconteceu na convenção da sigla em um hotel na região central de São Paulo, sem a presença do ex-presidente.

Discreto e protocolar, o evento em São Paulo obedece ao calendário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Enquanto isso, Lula segue em viagem de pré-campanha a Pernambuco, onde tem agenda nesta quinta-feira prevista para Recife.

Gleisi Hoffmann, presidente do PT, comandou a convenção do partido. Ainda nesta quinta, os aliados da Federação Brasil da Esperança, que inclui também PCdoB e PV, vão chancelar a candidatura de Lula.

Com a indicação formalizada, o nome de Lula também precisa ser chancelado na convenção do aliado PSB, marcada para o dia 29, em Brasília. Em seguida, a chapa com Geraldo Alckmin como vice vai poder ser inscrita na Justiça Eleitoral.

Como a legislação eleitoral brasileira proíbe candidatura avulsa, os candidatos têm de ser indicados pelos partidos, que têm até 5 de agosto para realizar as convenções. As legendas têm até 15 de agosto para fazer o registro das chapas na Justiça Eleitoral.

Lula vai disputar a Presidência pela sexta vez em sua trajetória política. O petista venceu o pleito em duas oportunidades (2002 e 2006) e foi derrotado nas eleições de 1989 (por Fernando Collor de Mello), além de 1994 e 1998 (em ambas as oportunidades, por Fernando Henrique Cardoso).
Fonte Revista Oeste

Botão Voltar ao topo