"Tensões Crescentes: Rússia Adverte Suécia sobre Adesão à OTAN" - Bolsão em Destaque de Três Lagoas
DestaqueMundo

“Tensões Crescentes: Rússia Adverte Suécia sobre Adesão à OTAN”

Na quarta-feira (28), a Rússia anunciou que tomará medidas técnico-militares não especificadas e outras ações para se proteger da decisão da Suécia de aderir à Otan, a qual considerou agressiva e um equívoco.

A Suécia superou o último obstáculo para sua adesão à Otan na segunda-feira (26), após o Parlamento da Hungria aprovar a entrada do país nórdico, que tradicionalmente se mantinha neutro.

A decisão de se candidatar à Otan por parte da Suécia e da Finlândia veio após a Rússia enviar dezenas de milhares de soldados para a Ucrânia em 2022, desencadeando o maior conflito europeu desde a Segunda Guerra Mundial, um confronto tumultuado que persiste dois anos depois.

“Estaremos monitorando de perto as ações da Suécia dentro do bloco militar agressivo, observando como eles irão implementar sua adesão na prática (…) Com base nisso, vamos construir nossa resposta, adotando medidas de natureza técnico-militar e outras de caráter retaliatório”, afirmou Maria Zakharova, porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Rússia.

“A adesão da Suécia à Otan está sendo acompanhada pelo aumento contínuo da histeria anti-russa no país, infelizmente incentivada pela liderança política e militar sueca, embora sua principal fonte esteja no exterior. Não são os suecos que estão fazendo essa escolha; ela foi feita para eles”, acrescentou.

O movimento da Suécia em direção à Otan está alimentando as tensões e a militarização, ressaltou.

A embaixada russa em Estocolmo também mencionou contramedidas militares e técnicas não especificadas em sua conta do Telegram na terça-feira (27), dependendo da presença das tropas da Otan e dos equipamentos destacados dentro da Suécia.

O primeiro-ministro sueco, Ulf Kristersson, afirmou que os comentários da Rússia não foram surpreendentes.

“É o mesmo que eles disseram quando a Finlândia se juntou à Otan”, declarou Kristersson na quarta-feira, durante uma viagem à cidade de Trollhatten, no sul da Suécia, segundo a agência de notícias TT.

“Sabemos que a Rússia não aprecia o fato de a Suécia ou a Finlândia serem membros da Otan, mas nós tomamos nossas próprias decisões.”

Ele disse que a Suécia estava “alerta” para enfrentar qualquer resposta da Rússia.

Botão Voltar ao topo