Wilma Lara foi a única mulher presidir a Câmara de Vereadores de Três Lagoas “a mais feminina” - Bolsão em Destaque de Três Lagoas
DestaqueTrês Lagoas

Wilma Lara foi a única mulher presidir a Câmara de Vereadores de Três Lagoas “a mais feminina”

Três Lagoas ano de 1996, com 15 cadeiras disponíveis para vereadores na época os eleitores três-lagoense daquele ano elegeu oito mulheres para o legislativo municipal, assim formando a câmara de vereadores “mais feminina” de todos os tempos.

A engenheira civil Wilma Lara, com apenas 31 anos, assumiu a presidência com 12 votos e foi a primeira e única mulher a presidir o legislativo durante o biênio 1997/98 juntamente com a vereadora Sônia Prado como primeira secretária, e demais colegas parlamentares Marisa Rocha, Inês Consuelo, Carmelinda Lacerda, Maria Oliveri, Sonia Prado e Márcia Moura.

Representantes da Câmara mais feminina do Brasil

A união feminina daquele biênio derrubou a polemica aposentadoria especial para vereadores, prefeitos e vices, que beneficiavam os mesmos com salários vitalícios após pouco tempo de mandato e contribuição.

Issan Farez era o prefeito e tinha Hélio Morales de vice.

Botão Voltar ao topo